Skip to main content

Alltech se compromete a trabalhar juntos por um Planeta de Abundância

Dr. Mark Lyons, CEO da companhia, convidou a plateia a colaborar entre indústrias e geografias para criar novas tecnologias e práticas que melhorem o bem-estar do nosso mundo e seus habitantes.

Dr. Mark Lyons, CEO da companhia, convidou a plateia a colaborar entre indústrias e geografias para criar novas tecnologias e práticas que melhorem o bem-estar do nosso mundo e seus habitantes.

[LEXINGTON, Kentucky] – Durante o encerramento do ONE: Simpósio de Ideias Alltech, Dr. Mark Lyons, presidente e CEO da Alltech, compartilhou a nova visão da empresa e convidou aos mais de 3.500 participantes do Simpósio a unirem-se para trabalhar juntos por um Planeta de Abundância.

Trinta anos atrás, seu pai, o fundador da Alltech, Dr. Pearse Lyons, subiu ao palco do mesmo Simpósio. Havia se comprometido em guiar a Alltech com o Princípio ACE, oferecendo a importância de oferecer benefícios aos animais, aos consumidores e ao meio ambiente. Ele acreditava fervorosamente que o bem-estar de cada um dependia de manter a harmonia entre os três. Foi uma ideia radical nesse momento, tão radical que alguns clientes abandonaram o Simpósio.

No entanto, em um contexto adverso de diminuição dos recursos naturais, mudanças climáticas e uma população em constante crescimento, a sustentabilidade está se tornando rapidamente um assunto não negociável para as empresas e para a agricultura. Cada empresa e indivíduo tem um papel a desempenhar, aproximando-se de um papel de perigo ou de abundância.

Com a adoção de novas tecnologias e práticas de gestão, e sobretudo, a sagacidade humana, acreditamos que um Planeta de Abundância é possível”, destacou Lyons. “A visão de nosso Planeta de Abundância impulsiona nosso princípio fundamental ACE para um novo mundo de possibilidades, onde todos e cada um de nós pode ter um impacto positivo no planeta que compartilhamos”.

A agricultura tem se convertido com frequência no “bode expiatório” das mudanças climáticas. No entanto, nenhuma outra indústria tem o potencial de ter um impacto mais positivo sobre a Terra que o dos trabalhadores da terra.

“A agricultura é a única indústria que pode reter carbono através de seu oficio principal. Existem muitas práticas de gestão de baixa tecnologia e inovações de alta tecnologia que podem devolver o carbono aos solos e bosques e produzir mais alimentos no processo”, afirmou David Butler, gerente de sustentabilidade da Alltech.

“Uma nova página web, PlanetofPlenty.com, proporciona exemplos de métodos agrícolas que podem melhorar o meio ambiente e inspirar com histórias de pessoas e tecnologias que fazem possível um planeta de abundância.

“Desde o advogado israelense que utiliza CRISPR para resolver um dos maiores desafios das aves, ao empreendedor irlandês que reduz os resíduos de aerossóis por meio da tecnologia magnética. Há histórias convincentes de pessoas que estão descobrindo novos enfoques e desenvolvendo tecnologias que estão construindo um futuro mais positivo”, disse Orla McAleer, diretora de Marketing da Alltech. “A medida que contamos suas histórias, queremos incentivar uma maior adoção de práticas sustentáveis, mas, acima de tudo, esperamos inspirar mais sagacidade e espírito de colaboração”.

Histórias podem ser compartilhadas na página do site do Planeta de Abundância ou nas redes sociais com a hashtag #PlanetadeAbundancia. A Alltech também reconhecerá aos agricultores, empresários, negócios, organizações sem fins lucrativos e outros grupos que estejam apostando no poder da agricultura para trabalhar juntos por um Planeta de Abundância.