Skip to main content

Bovinos: selênio orgânico auxilia na reprodução, imunidade e ganho de peso de bezerros

Bovinos: selênio orgânico auxilia na reprodução, imunidade e ganho de peso de bezerros

Microminerais trazem benefícios especialmente nas fases de gestação das vacas e crescimento de bezerros, com taxa de concentração de selênio 106% maior no colostro em comparação a minerais inorgânicos

Dentre os diversos minerais importantes para o desempenho dos bovinos de corte, o selênio é essencial para o desempenho reprodutivo e nas fases de cria e desmame de bezerros. É o que mostram pesquisas realizadas com o uso deste micromineral em sua forma orgânica nas dietas de bovinos. As análises destacam o selênio por seus benefícios para a imunidade, crescimento e desenvolvimento do animal e metabolismo hormonal, entre outras melhorias.

Os períodos em que estes benefícios são mais evidentes são a gestação e a fase de crescimento de bezerros, com melhoria nos índices de ganho de peso e saúde. É o que explica a médica veterinária Laryssa Campos, gerente de vendas da Alltech para ruminantes. “Uma das pesquisas realizadas mostrou que a concentração de selênio orgânico no colostro e no leite das vacas era 106% maior no nascimento que aquelas com uso de selênio inorgânico. Foi observado também o aumento na imunidade dos bezerros e os índices de diarreia caíram significativamente. Além da saúde, os bezerros apresentaram melhor ganho de peso, chegando ao desmame com 219,3 kg em média”, ressalta.

A especialista explica, ainda, que por sua biodisponibilidade, ou seja, pela facilidade do organismo do animal absorver o nutriente, o selênio orgânico vem apresentando melhores resultados na reprodução comparado as outras formas encontradas no mercado, como os inorgânicos e sintéticos. “Entre os resultados observados com o uso do selênio orgânico, destacam-se: sua função antioxidante, que auxilia na fase de ovulação e evita cistos ovarianos, retenção de placenta e metrite em vacas; melhora na imunidade, pois protege as membranas plasmáticas contra ações tóxicas e oxidativas; e proteção do metabolismo hormonal, especialmente na produção de progesterona, hormônio essencial para o ciclo gestacional”.

Suplementação

Campos ressalta que o regime de criação no país exige a suplementação desse micromineral para que os benefícios sejam efetivos. “O selênio está disponível em diversos alimentos como cereais, leguminosas e forragens. Porém, no Brasil, há uma característica que torna a suplementação essencial: ele não é facilmente encontrado em dietas para os bovinos criados a pasto, ou seja, em sistema extensivo. Como muitos de nossos solos têm baixo teor de matéria orgânica, pouco selênio se encontra disponível para o consumo do animal. Portanto, para um bom desempenho, é indispensável a suplementação”, finaliza.